Bom desempenho da indústria do setor

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) acaba de divulgar a nova edição de sua pesquisa Índice, elaborada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sobre o faturamento das indústrias do setor.
A pesquisa indica que, em setembro, o faturamento da indústria do segmento registrou queda de 0,7% em relação a agosto, já ajustado sazonalmente, o que representa a terceira redução consecutiva. Na comparação com o mesmo mês de 2020, houve baixa de 3,7%. Com esse resultado, o faturamento chega ao nono mês do ano com alta de 15,2% na comparação com o acumulado do mesmo período de 2020. Em 12 meses, o avanço é de 14,9%.
O estudo mostra que a retração é registrada tanto no setor de acabamento, com redução de 1,0%, quanto no de base, com recuo de 0,4% sobre agosto. Em comparação com setembro de 2020, a piora apresentada foi de -2,3% (base) e -5,7% (acabamento).
Rodrigo Navarro, presidente da entidade, explica que a queda da atividade, quando comparada ao mesmo período do ano passado, já era esperada, pois naquele período houve uma retomada brusca da demanda e agora está havendo um reequilíbrio. “Essa redução na comparação com meses anteriores pode estar relacionada, além das muitas externalidades envolvidas, também às flexibilizações de atividades que vem ocorrendo com o avanço da vacinação e retração da pandemia, e com isso a atração por consumo de outros bens e serviços por parte do consumidor", conclui o executivo.

Fonte: Revista Anamaco